Dicas e prevenções para seus dados

27 jun Dicas e prevenções para seus dados

A maioria das pessoas não sabe mas existe uma grande chance de você perder os dados maios importantes da sua vida nesse instante!

 

O fato é que a maioria dos dispositivos que armazenam informações estão sujeitos às intempéries do nosso uso. Esquecemos de remover com segurança o dispositivo (hd externo, pendrive, cartão de memória, smartphones e outros), apagamos sem querer a pasta ou os arquivos, derrubamos o dispositivo – que normalmente não é fabricado para resistir à quedas ou batidas, deixamos entrar líquidos e resíduos e, o mais atual dos problemas, permitimos que códigos maliciosos tomem conta de todo o sistema operacional, codificando todos os arquivos e exigindo um valor bastante elevado para resgate.

Nem todos os arquivos sempre poderão ser recuperados integralmente. Dependendo de fatores como tipo, tamanho, data de exclusão, utilização do disco dentre outros, a recuperação se torna mais difícil. No entanto, as ferramentas estão cada vez mais aprimoradas e hoje é possível realizar um exame ou simplesmente recuperar seus arquivos usando ferramentas gratuitas. Vale lembrar que há diferenças entre quais ferramentas devem ser utilizadas para o tipo de problema. Se for um arquivo apagado sem querer, as chances de recuperação com ferramentas gratuitas são altas. Como exemplo o software Recuva é um dos melhores para esse trabalho. Um  grande erro nesse tipo de recuperação, é você instalar o software e recuperar os arquivos para o mesmo dispositivo que houve o desastre. O Recuva alerta sobre esse problema mas a maioria ignora e não o faz.

No processo de recuperação de dados é importante que se restaurem arquivos para outros discos para não implicar na integridade dos arquivos recuperados. Em muitos casos, se existir uma tentativa de recuperação para o mesmo disco o arquivo poderá ficar inválido ou sua restauração poderá ser afetada. Isso ocorre pelo fato do sistema de arquivos sobrepor as entradas nos registros da tabela de alocação de arquivos.  Também, nesse procedimento, nunca deve se alterar o conteúdo da mídia suporte, sob o risco de comprometer o valor legal do exame. Para isso, é aconselhável salvar os dados em dispositivos removíveis, na rede, ou até mesmo em uma unidade de disquete.

Para evitar toda a dor de cabeça enumeramos 3 dicas que aumentam sua segurança e integridade dos seus dados:

 

  1. Para smartphones, tablets e computadores, assine um serviço de nuvem e coloque seus arquivos mais importantes nela. Existem vários serviços como Dropbox, Google Drive, Google Fotos, Os fabricantes de smartphones também oferecem esse serviço ao configurar pela primeira vez seu dispositivo.
  2. Faça uma cópia off-line de seus arquivos regularmente, ou seja, copie para um hd externo, pendrive, ou outro computador os arquivos e pastas mais importantes e mantenha essa cópia espelho atualizada.
  3. Tenha um suporte de TI para sua empresa que priorize manutenções preventivas, adquiria a licença dos softwares que você trabalha e isso inclui a de um bom antivírus. Existem antivírus freewares (de graça) mas os melhores são os por assinatura (Kaspersky, Eset, Sophus, e outros). Mesmo assim, o melhor antivírus ainda é você! Evite entrar em sites que desconheça, não clique em anexos duvidosos em seu email, não utilize seus dispositivos em computadores e redes que não tenham um mínimo de segurança exigidos.

 

Se você teve um desastre semelhante aos acima, procure uma empresa de renome para estes tipos de caso. Qualquer erro de análise ou procedimento poderá ditar o fim das chances de recuperar o que você está precisando.



Dúvidas? Clique aqui e nos chame no whats :)